Pesquisar este blog

sexta-feira, 3 de agosto de 2012

Quanto tempo é o dízimo do dia?

Quando se fala em percentual de tempo, muitas pessoas cometem um ledo engano:Pensam que tempo pode ser medido em ordem decimal.Sabemos que o dia tem 24horas e 10% dele seria(na cabeça de muita gente) 2,4horas.Mas está errado esse raciocínio.Por quê? Porque muita gente interpretaria esse "2,4horas" como 2horas e 40 minutos,o que torna mais errado ainda.

A medida de tempo,ao contrário das medidas de comprimento,área e volume que usamos,nunca foi centesimal.Ela é sexagesimal. É da ordem do 60. É uma medida bem mais antiga que a centesimal,pois esta surgiu na Revolução Francesa,enquanto a temporal surgiu no antigo Império Acádio há cerca de 5000 anos atrás.

Se pensarmos bem, dizer que 2,4horas seria 2 horas e 40 minutos equivaleria a dizer que 1,8horas seria 1 hora e 80 minutos;o que é totalmente absurdo. Quando transformamos hora, que é quebrada,passamos ela para fração e fazemos o processo de transformação de fração imprópria em mista e a parte quebrada multiplicamos por 60 minutos, para saber a parte não inteira.

A resposta final é que o dízimo do dia é 2 horas e 24 minutos,e não 2 horas e 40 minutos,como geralmente se pensaria.

Bjosssss da fada madrinha dos cálculos.

Um comentário:

  1. Nas ciências contábeis, esta fórmula sexagesimal é utilizada para fins de cálculos de salários, horas extras, compensação de horas de trabalhos, etc e tal.
    Exemplo:
    Carga horária máxima mensal, estipulada pela C.L.T.: 220 horas mensais.
    Como calcular:
    Dividir 220 horas por 30 dias.
    Como as calculadoras e computadores usam cálculos centesimais, se fizermos a operação nos mesmos, os cálculos não baterão:
    220 / 30 = 7,33333
    Com a fórmula sexagesimal, fazemos as seguintes operações:

    Primeiro achamos os números inteiros:
    220 horas / 30 dias = 7.....

    Em seguida, calcularemos as horas restantes, que são 10.

    10 horas correspondem a 600 minutos.

    Operação:

    600 minutos / 30 dias = 20 minutos diários.

    A carga horária diária então seria de 7 horas e 20 minutos.

    Como é assegurado descanso semanal remunerado e preferencialmente aos domingos, teríamos as 7:20 minutos para empresas que trabalham em horário integral de segunda a sábado ou para empresas com carga horária integral, como hospitais, farmácias, açougues, restaurantes...

    Informo que a carga horária máxima semanal é de 44 horas.

    Para empresas que trabalham de segunda a sexta-feira e querem compensar as horas de sábado, por ser dia útil, fazemos as seguintes operações:

    Carga horária máxima semanal: 44 horas.

    De segunda a sexta-feira:

    8:00 horas por dia.

    8 horas x 5 dias = 40 horas.

    Faltam as 4 horas de sábado:

    Compensar as 4 horas em cinco dias. Operações:

    4 horas = 240 minutos.

    Dividir os 240 minutos nos 5 dias.

    240 minutos / 5 dias = 48 minutos por dia.

    Desta forma, a carga horária diária para quem trabalha de segunda a sexta-feira e compensa o sábado durante os dias da semana seria de 8 horas e 48 minutos.
    Abraços fada.
    Valeu!!!

    ResponderExcluir