Pesquisar este blog

segunda-feira, 7 de abril de 2014

O Reverso do Socialismo Latino Americano

Este ano o Brasil faz 50 anos do Golpe dado pelos militares em 1964. A acusação era de que o presidente Jango e seus comparsas eram comunistas. Mas o que era ser comunista no Brasil era muito diferente do Socialismo mundial. Enquanto na Rússia e Leste Europeu o Socialismo vinha de uma luta antiburguesa que visava o fim da opressão secular dos boiardos,na América Latina o Socialismo veio para tentar frear a opressão das religiões e do misticismo que andavam a favor do Capitalismo. Na verdade os latinos nem sabiam a diferença entre Capitalismo e Socialismo,na essência de cada um.

Havia grandes diferenças entre o socialismo original do Leste Europeu e o 'importado' para cá. O socialismo daqui,trazido por militantes como Olga Benario, trazia uma 'marca cubana' em seu interior. Como acontecia com as marchas de Che Guevara pela América, protestando em nome de condições iguais para as populações sul-americanas;o povo,seguindo esses ideais,protestava contra as desigualdades. Era um 'socialismo' defesa de uso de drogas,feminismo,movimento gay,etc. Era totalmente diferente dos ideais da chamada 'Cortina de Ferro'.Totalmente diferente das autoridades 'czaristas-comunistas' da Europa Oriental. O contexto desta era regido pelos descendentes morais dos boiardos,voivodas e czares.

Os boiardos eram a nobreza dos principados do Leste Europeu. Em países como Rússia, Polônia ,Romênia, Bulgária e Sérvia não existiam títulos como condes,duques e marqueses(a Romênia da época era dividida em três principados distintos:Valáquia,Moldávia e Transilvânia),tal qual na Europa Ocidental. Estes nobres eram conhecidos por sua truculência. Eles eram bem mais escravocratas e cruéis do que os nobres da Europa Ocidental. Tinham pena de morte por empalamento. Em Casos como o de Ivan IV da Moscóvia (nome da Rússia no século XVI),de Vlad III da Valáquia(conhecido como Vlad Drácula ou Draculea) haviam essas sessões de terror. No comando dos boiardos estava o Voivoda (espécie de Duque da Europa Oriental,o qual Vlad era um caso),a quem era concedido julgamento de vida e morte sobre os súditos. E sobre o comando de vários principados estava o czar(como no caso da Rússia). O cenário no século XV para esses principados era grotesco: Ataques turcos, misticismo religioso vindo da Igreja Ortodoxa, isolamento geográfico imposto pelos boiardos,voivodas e czares. No alvorecer do século XX, a Rússia era um aglomerado de principados feudais. Isto representava um atraso de quase 500 anos. Tornava o país uma presa fácil para ideais novos na Europa.

Pedro I,monarca russo que tentou modernizar o seu país

Do mesmo jeito que ocorreria com a Rússia, viria a ocorrer com todo o Leste Europeu. Um atraso similar que tornava estes países vulneráveis a novas ideias. Quando veio a Revolução Bolchevique, começou pôr fim a tudo isso. Mas as raízes do atraso místico já estavam arraigadas,e os novos chefes do poder soviético russo viviam como os antigos voivodas: Em um luxo que destoava do resto da população. O Leste Europeu inteiro passou a ser visto pela URSS como 'O Império do Czar'. A mentalidade não muda facilmente. Assim como ocorreu na China,onde os novos presidentes viriam a ser conhecidos como 'Filhos do Céu' da antiga Dinastia Ming, tal como ocorreu com Mao Tsé Tung. Por isso houve a invasão a Tchecoslováquia por tropas da URSS em 1968, tal qual a invasão da Criméia por Vladimir Putin em 2014.

O socialismo que veio para a América Latina, em países como Cuba ou em movimentos de Che Guevara pela América, era uma espécie de socialismo francês, que veio importado para cá,mas que desconhecia o terror stalinista que ocorrera na URSS. Foi esse socialismo que as ditaduras latino-americanas perseguiram. Aqui os movimentos comunistas resultaram em fenômenos como a guerrilha do Araguaia. Não tinha jeito,o socialismo da América do Sul tinha que resultar em paternalismo maior que as nações locais aguentariam.

Um capitalismo mais amadurecido,como feito nos EUA, Grã-bretanha e França, passa pela doutrina do Laissez-Faire,Laissez-passer dos iluministas ou o liberalismo econômico de Adam Smith. Mas os 'Capitalismos' como Alemanha ou Itália da 2ª guerra,ou Chile e Brasil dos anos 70 são chamados 'capitalismos' ultranacionalistas e fascistas. Estes são sistemas econômicos doentes,que nada têm a ver com o liberalismo de Adam Smith, mas com Estados nacionalistas fracos,que não suportam por muito tempo a concorrência internacional. O fato está ocorrendo atualmente em países como Venezuela, México, Colômbia e Argentina. O que ocorre no Brasil é o chamado 'Pseudo-socialismo' ou 'Capitalismo de Estado',como bem definiu o economista Rodrigo Constantino. Um capitalismo que privatizaria o espaço público,tornando-o um lugar de poucos. Era o famoso 'caudilhismo latino-americano', que nossas economias padeceriam por décadas. Ainda falta muito para os latino-americanos saberem o que é Capitalismo de verdade,para decidirem se perseguem os comunistas,ou quais seriam os seus verdadeiros ideais.

Militantes em protesto contra a ditadura, durante seus momentos de patriotismo

6 comentários:

  1. Ótimo post!
    Acho que o tema Golpe Militar deveria ter sido mais abordado pela mídia e difundido entre o povo em geral.
    Tem muita coisa podre por baixo dos panos que deveriam vir a tona, escancarar pro povo brasileiro que tem o direito de conhecer sua verdadeira história.
    Discutimos num grupo do whatsApp sobre Che Guevara esta semana, foi um debate interessante e afoguetado, rsrsrsrs

    Divulgando seu post na fa page do blog.

    detudoumpouco28.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado minha amiga...vejo que meus escritos começam a surtir efeito sobre muitas pessoas e doutrinas...pretendo aumentar isso e divulgar até conhecimentos científicos aqui no Blog...
      Bjos de fadas...

      Excluir
  2. Que legal!
    Posts sobre conhecimentos científicos, seria magnifico!

    ResponderExcluir
  3. Vim te convidar para participar do sorteio de um livro do blog:
    http://nandaaflordapele.blogspot.com.br/2014/06/sorteio-livro-hamlet-dificil-arte-de.html

    bjs

    ResponderExcluir
  4. Como sou leiga em história confesso que não sabia disso...Meu marido ama história,vou chamá-lo para ler o post novamente comigo e ir me explicando,pois tenho muitas dúvidas...
    Admiro você pela sua inteligência e por escrever tão bem,parabéns!
    Abraços.
    www.annelices.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado amiga....isso,pergunte ao seu esposo e pesquisem juntos...com certeza será benéfico...
      Bjos de fadas...

      Excluir